Garde – Gestora de fundos Multimercado e Previdência

GARDE/WEEKS: IPCA-15 MOSTRA INFLAÇÃO BENIGNA E SUGERE QUEDA EM TORNO DE 0,06% NO IPCA DE JUNHO

25/06/2019 12:17:19 – AE NEWS

GARDE/WEEKS: IPCA-15 MOSTRA INFLAÇÃO BENIGNA E SUGERE QUEDA EM TORNO DE 0,06% NO IPCA DE JUNHO

Por: Thaís Barcellos

São Paulo, 25/06/2019 – O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) de junho mostra a dissipação de choques de energia, alimentos e combustíveis e também que a inflação subjacente continua em níveis confortáveis, avalia o economista-chefe da Garde Asset, Daniel Weeks.

O IPCA-15 desacelerou de 0,35% para 0,06%, ficando ligeiramente abaixo da mediana das estimativas de 0,07% da pesquisa do Projeções Broadcast e registrando a menor taxa para o mês desde 2006 (-0,15%).

O economista afirma que esse movimento de dissipação de choques deve continuar até o fim do mês, quando a energia, os combustíveis e os alimentos devem mostrar deflação. Assim, o IPCA deve ceder em torno de 0,06%, levando a taxa em 12 meses para 3,30%, de 4,66% em maio. Caso a deflação seja confirmada, vai ser a primeira para o mês desde 2017 (-0,23%).

No IPCA-15, a gasolina ainda ficou em terreno positivo (3,29% para 0,10%), assim como a energia (0,72% para 0,64%), enquanto o etanol (4,0% para -4,57%) e os alimentos no domicílio (-0,26% para -0,82%) já mostraram queda.

Para 2019, a expectativa da Garde para o IPCA é de 3,50%, com a dissipação dos choques e a atividade fraca. Na avaliação de Weeks, a mediana para o IPCA do Boletim Focus está atrasada, uma vez que as expectativas de inflação não acompanharam as revisões baixistas nas projeções de PIB. “O mercado deve ser reativo à inflação de curto prazo para revisar projeções mais longas.”

Quanto ao centro da meta de inflação de 2022, que deve ser definida nesta semana pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), Weeks acredita que deve ser reduzido mais 0,25 ponto porcentual, para 3,5%, em um processo de convergência para o objetivo dos pares internacionais.

“Se o País de fato conseguir alcançar a solução fiscal – leia-se a reforma da Previdência – tem tudo para consolidar esse cenário de inflação mais baixa que o BC conseguiu com o Ilan [Goldfajn, ex-presidente do Banco Central].”

Contato: thais.barcellos@estadao.com

A Garde Asset Management Gestão de Recursos Ltda. (“Garde Asset Management”) e a Garde Previdência Administração de Recursos Ltda. (“Garde Previdência”, em conjunto com a Garde Asset Management “Garde”) realizam única e exclusivamente a distribuição de cotas de Fundos de Investimentos dos quais sejam, respectivamente, responsáveis pela gestão de recursos (“Fundos”), nos termos da Instrução CVM nº 558, de 26 de março de 2015, não realizando, portanto, a distribuição de qualquer outro ativo financeiro.
As informações contidas neste website são de caráter exclusivamente informativo não se caracterizando como oferta ou solicitação de investimento ou desinvestimento em ativos financeiros, tampouco recomendação para compra ou venda de cotas dos Fundos, cujas características poderão ou não se adequar ao perfil do investidor, nos termos da Instrução CVM nº 539, de 13 de novembro de 2013.
A Garde não assume qualquer compromisso de publicar atualizações ou revisões das previsões contidas neste website. A rentabilidade divulgada já é líquida das taxas de administração, de performance e dos outros custos pertinentes aos Fundos. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. Os Fundos não contam com a garantia do administrador, da Garde, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do Fundo Garantidor de Créditos – FGC. A rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura.
Ao investidor é recomendada a leitura cuidadosa dos regulamentos dos Fundos ao aplicar seus recursos. Os Fundos podem utilizar estratégias com derivativos como parte integrante de suas políticas de investimento, as quais, da forma como são adotadas, podem resultar em significativas perdas patrimoniais para seus cotistas, podendo inclusive acarretar perdas superiores ao capital aplicado e a consequente obrigação do cotista de aportar recursos adicionais para cobrir o prejuízo dos Fundos. Alguns Fundos estão autorizados a realizar aplicações em ativos financeiros no exterior.
Informações relativas aos horários, valores máximos e mínimos de aplicação e movimentação, prazo de carência, conversão e liquidação para movimentações, taxas de administração, performance, entrada e saída cabíveis aos Fundos, tratamento tributário perseguido, descrição e objetivos de investimento, utilização de derivativos, aquisição de ativos negociados no exterior, concentração de poucos emissores de ativos de renda variável, principais fatores de risco, dentre outras informações poderão ser adquiridas em documentos específicos tais como: Regulamentos, Lâminas e Tabela Resumo referente às características gerais dos Fundos presentes neste website e/ou no website do administrador dos Fundos.
A Garde, seus administradores, sócios e colaboradores não se responsabilizam pela publicação acidental de informações incorretas, e isentam-se de responsabilidade sobre quaisquer danos resultantes direta ou indiretamente da utilização das informações contidas neste website.
O conteúdo deste website não pode ser copiado, reproduzido, publicado, retransmitido ou distribuído, no todo ou em parte, por qualquer meio e modo, sem a prévia e expressa autorização, por escrito, da Garde.
A Garde Equities Gestão de Recursos Ltda. é uma empresa do grupo econômico da Garde e encontra-se atualmente em fase de credenciamento perante a Comissão de Valores Mobiliários - CVM para a prestação dos serviços de gestão de recursos e distribuição de cotas de fundos, bem como adesão à autorregulação expedida pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais - ANBIMA.
Fechar